Consumo de carne x Câncer: uma relação cada vez mais evidente

Consumo de carne x Câncer: uma relação cada vez mais evidente

Consumo de carne x Câncer: uma relação cada vez mais evidente

Comprovada a influência do consumo frequente de carne com o risco para câncer.

O câncer é uma doença cada vez mais prevalente na população e que tem forte relação com os hábitos inadequados de vida como alimentação desequilibrada e alto sedentarismo. O consumo prolongado de carne vermelha é conhecido como um fator de risco para o desenvolvimento de diferentes tipos de câncer. Um estudo de meta-análise estimou que cada porção de 50 gramas de carne processada aumenta o risco de câncer colorretal em 18%, o segundo mais diagnosticado em mulheres e o terceiro em homens.

A declaração da Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou o consumo de carne processada como “cancerígeno para os seres humanos” com base em evidências suficientes para o câncer colorretal e associação positiva para o câncer de estômago. O preparo da carne tem grande influência com o aumento desse risco. Isso porque são formados compostos carcinogênicos indutores de mutações nas partes mais escuras da carne, chamados de aminas heterocíclicas (componentes orgânicos nitrogenados) que promovem danos ao DNA celular. Os resultados de um estudo feito na Universidade de São Paulo indicaram que o consumo de carnes em São Paulo aumentou cerca de 20% e a ingestão excessiva atingiu 75% da população estudada.

Um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia confirmou que determinadas formas de uma substância chamada de ácido siálico não humano, o ácido N-glicolilneuramínico (Neu5Gc), presente na carne vermelha, pode induzir a um processo inflamatório associado ao desenvolvimento do câncer. O Neu5Gc é uma substância que fica biodisponível nos tecidos humanos após metabolização, gerando a produção de anticorpos em circulação. Uma interação dos antígenos circulantes e os anticorpos anti-Neu5Gc é capaz de estimular processos inflamatórios, o que leva à carcinogênese e progressão de tumores. O organismo humano é geneticamente incapaz de produzir esse tipo de composto, sendo que a via exclusiva de possibilitar sua biossíntese é a ingestão dietética de carne vermelha, principalmente.

Outros alvos importantes na promoção da carcinogênese são os ácidos graxos poli-insaturados – AGPIs da série ômega-6, especialmente a expressão do ácido araquidônico e da ciclo-oxigenase 2 (COX-2). O ácido araquidônico é um precursor das prostaglandinas pró-inflamatórias, principalmente a PGE2, principal mediador envolvido na inibição da apoptose celular e favorecimento da angiogênese. Há evidências de que o alto nível de expressão de COX-2 é encontrado em células cancerígenas. Com relação aos subtipos de carne vermelha, a maioria apresenta grandes concentrações de ácido araquidônico, mais um potencial motivo para moderação o seu consumo.

 

REFERÊNCIAS

AYKAN, N. Red meat and colorectal câncer. Oncol Rev., v. 9, n. 1, p. 38-44, feb 2015.

BRASIL. Instituto Nacional do Câncer – INCA. Incidência de câncer colorretal. Disponível em: <http://www.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/colorretal>. Acesso em: 21 mar. 2017.

DOMINIK, A. et al. Red Meat and Colorectal Cancer: A Quantitative Update on the State of the Epidemiologic Science. Journal of the American College of Nutrition, v. 34, n. 6, p. 521–543, 2015. 

LIMA, W.; LIMA, T. Câncer colorretal: um estudo dos fatores de risco.  I Congresso Norte e Nordeste da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica, v. 1, n. 3, nov. 2014. Disponível em: < http://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/cncer-colorretal-um-estudo-dos-fatores-de-risco-11217>. Acesso em: 23 mar. 2018.

SAMRAJ, A. et al. A red meat-derived glycan promotes inflammation and cancer progression. Proc Natl Acad Sci., v. 112, n. 2, p. 542-547, jan. 2015.

ZANDONAI, A.; SONOBE, H.; SAWADA, N. Os fatores de riscos alimentares para câncer colorretal relacionado ao consumo de carnes. Rev Esc Enferm USP, São Paulo, v. 46, n. 1, p. 234-9, fev. 2012.

Deixe um comentário

Local do Evento

Centro de Convenções - Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569
www.convencoesfreicaneca.com.br/

Telefones

Atendimento ao Inscrito:
(11) 3473-1693 – Ramal 24

Atendimento ao Expositor:
(11) 3586-1764

Assessoria de Imprensa:
(11) 3586-9197 – Ramal 32

Mídias Sociais