Comunicação Entre o Cérebro e Intestino é Tema de Palestra no GF2019 - 10º Gluten Free Brasil

Comunicação Entre o Cérebro e Intestino é Tema de Palestra no GF2019

Comunicação Entre o Cérebro e Intestino é Tema de Palestra no GF2019

Comunicação Entre o Cérebro e Intestino é Tema de Palestra no GF2019

O Dr. Bruno Zylbergeld é biólogo e microbiologista, CEO da Atrium Innovations do Brasil e membro honorário da Associação Portuguesa e Francesa de Medicina Heilpratiker. Ele palestrou na Sala Gut Talks da décima edição do Gluten Free Brasil.

Sua palestrou teve como tema: “A comunicação oculta entre o cérebro e intestino”. O assunto vem sendo alvo de diversos estudos científicos ao longo dos anos, que já comprovaram esta inter-relação.

Confira na íntegra a entrevista que o palestrante concedeu durante o evento.

Saiba mais sobre o tema:

Cérebro e Intestino: uma conexão em evidência!

 Referido na literatura científica de forma ampla e concreta, o eixo do intestino-cérebro é um sistema integrado que une componentes imunológicos, endócrinos e neuronais. Os estudos mais evoluídos postulam que um número crescente de espécies microbianas intestinais regula a função cerebral na saúde e doença.

O eixo intestino-cérebro é composto por sistema nervoso central (SNC), sistema entérico, sistema autônomo e seus ramos associados, sistema imunológico e sistema neuroendócrino. Sua comunicação é feita por meio de informações sensoriais que sofrem a conversão para sinais neurais, hormonais e imunológicos, transmitidos, posteriormente, para o SNC e o intestino. O trato gastrointestinal (TGI) possui cerca de 500 milhões de neurônios, sendo capaz de produzir hormônios e outros componentes essenciais para a homeostase corporal. Os hormônios intestinais são liberados por células enteroendócrinas, responsáveis pela sinalização e comunicação dentro do eixo, em resposta a nutrientes consumidos.

Diferentes transtornos psiquiátricos, como depressão e ansiedade, e neurológicos, como doença de Parkinson e autismo, apresentam comorbidades gastrointestinais significativas. Estudos pré-clínicos demonstram a capacidade da microbiota probiótica na modulação de comportamentos e emoções, influenciando parâmetros associados à patogênese e gravidade da depressão.

Ensaios feitos com modelos animais relatam que a disbiose intestinal tem uma associação direta com a disfunção da memória, atribuída a uma expressão alterada do fator neutrotrófico derivado do cérebro (BDNF). Essa molécula é localizada no hipocampo e no córtex cerebral responsável por regular funções cerebrais e cognitivas, relacionadas à reparação, regeneração e modulação do sistema serotoninérgico, também influenciado pela microbiota do intestino.

Por fim, destaca-se o papel do intestino na produção de serotonina, neurotransmissor com função vital na transmissão e processamento das informações através de neurônios e que tem influência no desenvolvimento de transtornos depressivos e de ansiedade.

Acesse o portal da Revista Nutri Online e tenha acesso a palestra ministrada pela Dr. Bruno Zylbergeld

A comunicação oculta entre o cérebro e o intestino

 

Deixe um comentário

Local do Evento

Centro de Convenções - Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569
www.convencoesfreicaneca.com.br/

Telefones

Atendimento ao Inscrito:
(11) 3473-1693 – Ramal 24

Atendimento ao Expositor:
(11) 3586-1764

Assessoria de Imprensa:
(11) 3586-9197 – Ramal 32

Mídias Sociais