fbpx

Conheça a perspectiva do consumidor sobre os rótulos e embalagens

Conheça a perspectiva do consumidor sobre os rótulos e embalagens

Sabe-se que garantir a fidelização e o reconhecimento no mercado não se trata apenas de oferecer um produto de qualidade em seu conteúdo, mas, também, a confiança em todos os aspectos, inclusive, rotulagem e embalagem.
Entender as preferências de embalagem e rótulo pela ótica do consumidor é, talvez, a forma mais assertiva de conquistar espaço no mercado e visibilidade nas prateleiras. Para isso, saber as tendências de consumo é essencial e ter clareza de informação nas embalagens e rótulos, também.

No que se trata de interpretação dos rótulos, segundo relatório de tendências de consumo Brasil Food Trends 2020, a frequência que o consumidor lê os rótulos das embalagens dos produtos alimentícios é de 23% que lê sempre, de 30% às vezes lê e de 30% nunca lê. E o quanto conhecem alguns termos apresentados em rótulos como o selo de qualidade; 30% conhece bem o termo , orgânicos,  36% conhecem só de ouvir falar e funcionais, 22% conhece um pouco.

O mesmo estudo apresenta números sobre o que os consumidores mais leem nos rótulos das embalagens: 52% as calorias, 39% gordura,  29% sobre o colesterol, 27% o açúcar e 25% sobre as proteínas. E aponta o que eles esperam das empresas: um alto padrão de qualidade dos produtos 49%, e 24%, que mantenham o consumidor bem informado sobre os seus produtos.

Uma outra pesquisa, feita pelo instituto Nielsen, diz que o consumidor é hoje mais ativo em sua decisão de compra. Ou seja, não é direcionado apenas pelo que é conveniente, mas pelas informações contidas nos rótulos, esperando que elas os auxiliem em suas escolhas saudáveis. Esse mesmo estudo aponta que 76% dos brasileiros entrevistados leem os rótulos e o conteúdo nutricional dos alimentos. O que significa que a responsabilidade de oferecer uma boa comunicação nos rótulos e embalagens não é um ponto negociável.  Em estudo, disponibilizado pelo mesmo instituto, feito com latino-americanos, consta 75% dos latinos leem os rótulos de embalagens para conferirem o conteúdo nutricional.

Também existem medidas colocadas pelo governo, como leis e posicionamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em relação à regularização de segurança nas embalagens. Como, por exemplo, sobre a indicação no rótulo de propriedades funcionais, ou de saúde de alimentos, assim como de ingredientes alergênicos. Mas a busca pela excelência na comunicação vai além de regulamentações oficializadas pelo governo, o profissional do mercado deve prezar por uma relação de confiança e proximidade com o consumidor.

O que pode ser feito?

É necessário adotar estratégias para se adequar à realidade de consumo. Segundo o instituto Nielsen, analisar os tamanhos de embalagens, reformular produtos, oferecer portfólio variado e ser transparente ao declarar os ingredientes faz toda a diferença. Assim como Também ter a completude de informação em etiquetas, priorizar ingredientes naturais e utilizar tecnologias variadas que acrescentem boas experiências de consumo ao público.

Para entender o que se passa na mente do consumidor, a pesquisa Food Trends revela que eles possuem a tendência de avaliar o conjunto de benefícios que pode existir no que está sendo adquirido. Dentre o que está na tendência do que procuram, estão as opções de produtos naturais, menos gordura e sal, saladas prontas para consumo, alimentos com grãos adicionados. E, também, embalagens de fácil abertura e que contenham praticidade. Assim como, ingredientes que respondam às necessidades do organismo. Por exemplo, probióticos para a saúde intestinal.
O destaque no mercado engloba uma série de fatores. E com o consumidor, cada vez mais informado e exigente, tornar-se uma empresa visada e credora de confiança é um desafio. Prestar atenção na embalagem e nos rótulos pode ser um dos quesitos para que seja determinada a compra ou não de determinado produto.

Referências:

Anvisa. Disponível em <http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/2810640/Rotulagem+de+Alerg%C3%AAnicos/612b819e-4052-4ed6-b822-a3d6e5c25c80>

Brasil Food Trends. Disponível em < http://www.brasilfoodtrends.com.br/Brasil_Food_Trends/index.html>

Pesquisa Instituto Nielsen. Disponível em <http://www.nielsen.com/br/pt/insights/news/2017/A-revolucao-da-comida.html>

Deixe um comentário

Local do Evento

Centro de Convenções - Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569
www.convencoesfreicaneca.com.br/

Telefones

Atendimento ao Inscrito:
(11) 3473-1693 – Ramal 24

Atendimento ao Expositor:
(11) 3586-1764

Assessoria de Imprensa:
(11) 3586-9197 – Ramal 32

Mídias Sociais